foto_11_2817829

Chiaroscuro: Entre o Céu e O Inferno, Pulsos em 3 Movimentos

Tutu-Marambá: Pesquisas das Artes do Corpo apresenta seu 13º. trabalho em performance: Chiaroscuro: Entre o Céu e O Inferno, Pulsos em 3 Movimentos

6

Nesta quarta-feira, dia 1º. de dezembro de 2010, às 20hs, na Oficina Cultural Grande Otelo, em Sorocaba (Praça Frei Baraúna, s/n), o grupo Tutu-Marambá: Pesquisas das Artes do Corpo apresenta “ Chiaroscuro: Entre o Céu e o Inferno, Pulsos em 3 Movimentos”, com direção de Cleide Riva Campelo.

O trabalho divide-se em 3 movimentos:

1º. Movimento: O Purgatório, Ecos do Encantado – o Passado

2º. Movimento: Instalação; O Labirinto: Vestígios do Inferno – O Futuro

3º. Movimento: O Êxtase, Pulsos do Corpo – O Presente

Este trabalho traduz o encerramento e o entrelaçamento virtual de duas oficinas: “Jogos de Amarelinha; Entre o Céu e o Inferno”, coordenada por Cleide Riva Campelo, e “O Inferno de Dante – Visões Cenográficas”, coordenada por Jaime Pinheiro, que ocorreram na Oficina Cultural Grande Otelo no segundo semestre deste ano.

O grupo Tutu-Marambá: Pesquisas das Artes do Corpo apresenta seu 13º. trabalho em Arte da Performance. Formado em 2008, a partir de uma oficina na Oficina Cultural Grande Otelo, o grupo Tutu-Marambá tem desenvolvido diversas pesquisas sobre artes do corpo, arte e comunicação, arte da Performance, semiótica do corpo, corpo e cultura.

Participam sempre de seus trabalhos, além do grupo de performers oficial, fotógrafos, videomakers, músicos e artistas e pesquisadores convidados, com a intenção de ampliar as fronteiras do próprio grupo, que já se acostumou a integrar artistas convidados em sua trajetória.

Para esta apresentação, o grupo conta com o trabalho de cenografia de Jaime Pinheiro (que trabalha em colaboração com o trabalho de direção de Cleide Riva Campelo); com o ator Mário Pérsico que fará a abertura, trazendo o texto no original em italiano da obra de Dante Alighieri (uma das fontes de pesquisa deste trabalho); com o músico Manu Farias, que fará a percussão da instalação “O Labirinto: Vestígios do Inferno – O Futuro” –que já participou de diversos trabalhos anteriores do grupo Tutu-Marambá; com o cantor lírico Wilian Dolfini, que terá uma participação especial pela primeira vez com o grupo; com a fotógrafa Nilze de Campos, parceira de todos os trabalhos anteriores do Tutu-Marambá; com o fotógrafo e videomaker Beto Rocha, também parceiro de vários trabalhos de pesquisa do grupo; com Rolando Beltram nos trabalhos de preparação da trilha sonora.

O grupo Tutu-Marambá: Pesquisas das Artes do Corpo contará com a participação dos seguintes artistas-performers, que desenvolvem suas pesquisas no grupo durante o ano todo, em reuniões semanais: Alexandre Ventris, Ana Diniz, Esdras Nuño, Flávio Queirós, Ibraim Ramos, Janice Macedo, José Redini, Juliana Campeão, Márcio Moraes, Maurício Felippe, Paulo Farias, Quitéria Maria, e Rosaura Mello, com direção de Cleide Riva Campelo.

Este slideshow necessita de JavaScript.