Tutus e Lulé Castilho

Nesta quarta-feira, 11/março, tutus e Lulé Castilho juntos construimos uma quarta diferente: fora do nosso casulo, exercitamos nosso olhar em cada canto, em cada surpreendente objeto-reflexão de nossa amiga artista. Lulé é criação em estado puro; é ebulição permanente, disfarçada na meiguice da voz e dos olhos: pura armadilha. E foi exatamente sua inquietude, a água que fomos beber, para, depois, antropofagicamente, converter em sangue nosso. Obrigada, Lulé, por alimentar nossos sonhos futuros.

0 comments on “Tutus e Lulé CastilhoAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>