notícias de nossa performance com Tiago Macambira

Mais Cruzeiro – [ 22/11 ] ….

Uma outra ótica da violência social….

Daniela Jacinto….

Notícia publicada na edição de 22/11/2008 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 2 do caderno D – o conteúdo da edição impressa na internet é atualizado diariamente após as 12h. ….

….

Fotógrafo sorocabano Tiago Macambira realiza sua primeira exposição individual em Paris, que conta com a participação do grupo de performance Tutu-Marambá….

Imagens que sensibilizam pela profundidade com que tratam de um tema cada vez mais comum nos dias de hoje – a violência social -, fazem parte da exposição que o fotógrafo sorocabano Tiago Macambira realiza em Paris a partir de amanhã até o dia 7 de dezembro na Maison Du Brésil – Cité Universitaire. Com o título Indícios de Violência: Desigualdade Espacial no Brasil, serão expostas 27 fotografias, a maioria feita nas ruas de Campinas. A exposição conta com contribuição teórica de Lucas Melgaço e participação do grupo de performance sorocabano Tutu-Marambá – Pesquisas das Artes do Corpo…..

Essa é a primeira exposição individual de Tiago no exterior. Antes dela, já havia participado de uma coletiva chamada Povos de São Paulo, também em Paris…..

Conforme o fotógrafo, a Maison du Brésil é a moradia para muitos estudantes brasileiros de doutorado que vão a Paris. Um amigo, o Lucas Melgaço, morava nesse local e comentou sobre esse espaço que poderia ser usado pra fazer uma exposição. Fiz um projeto e encaminhei pra organização de eventos, que acabou sendo aprovado pelo comitê, explica…..

A proposta desse trabalho é mostrar indícios de violência nas grandes cidades do Brasil, tendo como um dos exemplos Campinas, que está entre as mais violentas do país, e sua região metropolitana. A idéia é enxergar a violência sob uma outra ótica. Estamos acostumados a prestar atenção e pensar em violência uma vez que esta já foi explicitada; seja através de um roubo, assassinato, briga, seqüestro, etc. Mas esse pensamento é limitado, pois não nos apercebemos do que está por trás, do que gerou esse ato. Minhas fotografias tentam mostrar um pouco disso, esclarece Tiago…..

Lucas Melgaço faz a contribuição teórica de todo o projeto fotográfico. A violência social é o tema do doutorado do Lucas, que defende sua tese na USP. Ele é geógrafo assim como eu. Em 2006, Lucas e eu decidimos ousar um pouco na tentativa de entender esse problema, ao perceber que, como disse o físico teórico John D. Barrow, ‘nenhuma explicação não-poética da realidade pode ser completa. Essa frase deu o norte para o nosso trabalho. Desde então tentamos reunir duas coisas que nasceram juntas – arte e ciência – mas que há muito tempo não se falam publicamente…..

Para Tiago, a violência é o resultado de muita coisa que anda mal no Brasil. Creio que o principal motor da violência seja a desigualdade social. Mas além desse, há muitos outros como por exemplo a baixa qualidade do ensino, nosso ‘subdesenvolvimento econômico, etc. Fico muito satisfeito de, pelo menos, tentar entender esse problema e, assim, contribuir para solucioná-lo. Mostrar esse problema a outros olhos (no caso franceses) e dialogar a respeito, nos ajuda a compreender nossos problemas, diz…..

Questionado a respeito de como avalia a projeção desse trabalho no exterior, Tiago afirma que ainda não conseguiu enxergar ou pensar muito bem sobre isso. Mas, de qualquer forma, minha primeira impressão é que esse tema não é nenhuma novidade para eles. Alias, além de Pelé e do Carnaval, a violência já foi incluída no repertório dos estrangeiros quando eles pensam no Brasil. Como minhas fotos não mostram essa violência explícita que eles estão acostumados a ver, talvez faça com que pensem a respeito…..

Para complementar a exposição, o grupo de performance sorocabano Tutu-Marambá – Pesquisas das Artes do Corpo fará um apresentação virtual e interativa através de videoconferência. O grupo fará as performances e nós, aqui em Paris, iremos interagir, pois haverá um câmera aqui também. Sugerindo movimentos ou expressando sentimentos, iremos, antes de tudo, dialogar sobre o tema violência social no Brasil. Já que não conseguimos entender profundamente ou resolver racionalmente o problema da violência social, seja através das ciências sociais ou da política, teremos que usar outros meios pra começar a entendê-la ou digeri-la. A arte também serve pra isso!, acredita…..

Interessados em conhecer mais o trabalho de Tiago podem acessar os sites www.tiagomacambira.com ou www.flickr.com/photos/macambira …..

Tutu-Marambá….

Sob direção de Cleide Riva Campelo, o grupo de performance Tutu-Marambá – Pesquisas das Artes do Corpo fará uma apresentação virtual, através de videoconferência, tendo como base as fotografias de Tiago Macambira. A participação faz parte da abertura da exposição de Tiago e está marcada para as 17h (horário no Brasil), e 20h em Paris. Nosso grupo trabalha muito com a improvisação, com o acaso. Estamos muito felizes com o convite do Tiago, que já trabalhou conosco anteriormente, afirma Cleide. ….

Tutu-Marambá estreou há cinco meses, a partir de um curso realizado na Oficina Cultural Regional Grande Otelo. São ao todo 14 participantes fixos, sendo três deles crianças. Cleide afirma que o grupo também conta com a colaboração de convidados. Gostamos muito de fazer parcerias, pois o nosso produto final permite composições com o acaso. Como o que vai acontecer nesse trabalho com o Tiago. São várias linguagens interagindo. As fotos vão gerar movimentos, que vão gerar imagens, que vão gerar movimentos, que vão gerar imagens, e assim por diante. Vamos fazer uma roda, é a roda tribal um pouco mais ampliada. A gente aqui e ele e em Paris, observa Cleide. ….

Conforme ela, esse é o resultado da união da ancestralidade e da tecnologia. As novas tecnologias possibilitam a comunicação. Sou uma entusiasta das novas tecnologias. Nosso trabalho cênico busca a cultura ancestral de povos como o indígena e africano, e ao mesmo tempo unir esse conhecimento aos dias de hoje, que temos à disposição tecnologias como o computador, o telefone… E especificamente essa performance com o Tiago usa esses elementos citados. Então, faremos uma discussão sobre a violência, o espaço e a desigualdade, situações vivenciadas em todos os lugares do mundo, através de uma interação virtual que aponta para um caminho muito interessante da própria tecnologia. ….

0 comments on “notícias de nossa performance com Tiago MacambiraAdd yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>