Manto.

Tutu-Marambá, Pesquisas das Artes do Corpo: primeiro encontro do ano, 5/2/2013. Início dos trabalhos de pesquisa para a preparação da oficina na G.O. no tributo aos 10 anos da partida do amigo Mantovani. Velhos tutus voltando ao ninho; muita felicidade no reencontro. São muitas as costuras para frente e para trás para poder tecer nosso novo trabalho. Começamos com os sonhos que já vieram trazendo a estrutura do trabalho. Queremos voltar a beber na fonte dos trabalhos do Manto, não para reproduzi-los, mas para dar a eles a chance de continuar vibrando dentro da gente. Muita emoção nos relatos de Quitéria, a menina cujo futuro de deusa tutu o Mantovani, sem dúvida, anteviu completamente. E preparou. Fala do Zeca. Do Esdras. Minha fala. Do Tiago. Também a fala dos que ainda vão conhecê-lo melhor. A leitura do poema do livro do Manto. Começamos nosso caminho reatando alguns fios que estavam desamarrados. Foi preciso consertar as fraturas, as rupturas, antes de podermos colocar mãos à obra sobre o Manto – ele, que, afinal, só contribuia para que as pessoas se juntassem. Que pregava a união da classe… No final, a celebração em volta da mesa. Ele teria gostado! Esta viagem já está sendo muito boa, estou adorando! Bom Carnaval aos tutus e a todos.

0 comments on “Manto.Add yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>